1994 | IMPLANTAÇÃO DO ENSINO MÉDIO

As estratégias para captação de alunos deram resultado e o número cresceu em mais de 60%, com 432 alunos distribuídos em 21 turmas. Diante da nova estrutura, foi necessária a separação do trabalho de coordenação pedagógica por segmento e continuar os investimentos na área de infra-estrutura, com a construção de quadra poliesportiva, laboratório e cantina, além da melhoria das salas de aula.

O rápido crescimento também nos trouxe vários problemas. Muitos dos pais desconheciam a nossa história e os nossos sonhos; as mudanças na economia brasileira levaram a muitos atritos com um grupo de pais, entorno dos reajustes das mensalidades escolares.

A preocupação com os alunos vivendo em um ciclo inflacionário sem fim, nos levou a criar a “Coroa”, uma moeda forte e estável, que regeria todas as despesas do aluno na escola. A idéia se mostrou revolucionária e passou a ser objeto de reportagens por todo o Brasil, com a manifestação de políticos e economistas.

1994 foi, sem dúvida, um ano de muita polêmica e muitos atritos. Uma época conturbada na economia brasileira, que entrava no Plano Real. Talvez por isso, tenha sido um ano de grandes aprendizados.